Auto- estima

O que é auto-estima?

É a opinião e o sentimento que cada pessoa tem por si mesma.

É ser capaz de respeitar, confiar e gostar de si.

Pessoas com baixa auto-estima têm mais dificuldade em buscar novas ações para a criação de mudanças, do que outras pessoas. Quando aspectos negativos são percebidos em suas vidas, quem sofre com a baixa auto-estima não consegue

achar solução e só vê problemas. Isso acontece justamente porque a pessoa não é capaz de confiar em si próprio para a mudança. E também não se sente capaz de enxergar novas possibilidades de comportamento que possam levar a solução.

Características da baixa auto-estima:
Insegurança, inadequação, perfeccionismo, dúvidas constantes, incerto do que se é, sentimento vago de não ser capaz de realizar nada, depressão, não se permite errar, necessidade de agradar, aprovação, reconhecimento

O que diminui a auto-estima?
Críticas,autocríticas,culpa,abandono,rejeição,carência,frustração,vergonha,inveja,

timidez,insegurança,medo,humilhação,raiva e, principalmente perdas e dependência (financeira e emocional)

Quando começa a se formar?

Na infância. A partir de como as outras pessoas nos tratam. Quando criança pode-se alimentar ou destruir a autoconfiança. Auto-estima baixa geralmente está relacionada a falsos valores. Crença que é necessária aprovação da mãe ou pai.

A autoestima envolve crenças e emoções.

O que você pensa sobre você mesmo? O que deseja para você? Como desejaria ser? E como seria se você fosse exatamente como deseja ser? Pense agora como você se sente a respeito disso. Essas e outras perguntas geram pensamentos que criam sentimentos bons ou ruins. Como exatamente você se avalia? Como se julga? Como pensa sobre si mesmo? A forma como cada pessoa pensa sobre si determina o resultado de uma baixa ou alta autoestima. E como você se sente em relação a você mesmo? Quais são seus sentimentos sobre você?

Muito se fala de autoestima e pouco se sabe como, de fato, aumentá-la.

Para construir a sua auto-estima, você deve estabelecer-se como o mestre da sua própria vida. Cada minuto da sua vida é um momento que pode utilizar para fazer coisas para se melhorar.

Autoimagem – a imagem estética de si próprio

Autoaceitação – aceitar plenamente a si mesmo com as qualidades e os defeitos. Isso não quer dizer não poder mudar ou não detectar pontos a serem melhorados, é justamente ser capaz de olhar para si mesmo e conseguir aceitar quem se é e buscar sempre o caminho da melhoria continua. Viver é aprender, praticar e mudar quando for preciso.

Autoconfiança – confiar em si próprio, sendo capaz de manter quem se é, de poder mudar quando e se for preciso, de atingir os objetivos desejados.
Está também ligado ao poder de desejar aquilo que se pode alcançar, mais cedo ou mais tarde, sendo capaz de sonhar e almejar o que se pode ter.

Para elevar a auto-estima é preciso:

– autoconhecimento
– manter-se em forma física (gostar da imagem refletida no espelho)
– identificar as qualidades e não só os defeitos
– aprender com a experiência passada
– tratar-se com amor e carinho
– ouvir a intuição (o que aumenta a autoconfiança)
– manter diálogo interno
– acreditar que merece ser amado(a) e é especial
– fazer todo dia algo que o deixe feliz. Pode ser coisas simples como dançar, ler, descansar, ouvir música, caminhar.

Resultados da auto-estima elevada
– mais à vontade em oferecer e receber elogios, expressões de afeto
– sentimentos de ansiedade e insegurança diminuem
– harmonia entre o que sente e o que diz
– necessidade de aprovação diminui
– maior flexibilidade aos fatos
– autoconfiança elevada
– amor-próprio aumenta
– satisfação pessoal
– maior desempenho profissional
– relações saudáveis
– paz interior

Se você andou a adiar alguma tarefa ou ação durante grande parte do seu dia, não se martirize ou penalize por isso, mude o seu foco para o momento presente e o que você pode fazer. Comece com a menor coisa que acha que consegue fazer face à tarefa mais importante.
SOCIALIZE,FAÇA ALGO ARROJADO,FAÇA ALGO NAQUILO EM QUE É BOM,DEFINA METAS,CONSTRUA UM PLANO,MOTIVE-SE,DEIXE DE SE COMPARAR
A auto-estima vem do domínio de si mesmo. Quanto mais coisas você se propuser, quanto mais coisas for conseguindo realizar (mesmo as pequenas coisas) e passo a passo for obtendo êxito, mais confiança vai crescendo em você, sedimentando a sua auto-estima.
O seu nível de auto-estima afeta a sua felicidade e tudo que você faz.

autoestima é ter consciência de seu valor pessoal, acreditar, respeitar e confiar em si. É ter a certeza de ser merecedor, digno de ser feliz e ser amado, principalmente, por si mesmo.
Um abraço,

Deixe seu comentário abaixo  ↓ 


 
 
  1. Ivone Lopez 11/19/2013, 22:05 Responder

    Carla, gostei muito de saber sobre esse tema que afeta tantas pessoas. Eu acho que sou uma dessas vitimas e infelismente meus filhos tambem.
    Eu ja conversei com voce pelo “Face”, sou a mae do Fernando Longo. Ele esta necessitando muito de ajuda e espero que ele possa fazer com voce o proximo intensivo. Ele esta ai no Brasil e ficara por uns 4 meses e vamos ver se nesse periodo voce possa abrir um novo grupo, pois este do mes de novembro nao foi possivel pra ele.
    Obrigada e bjs.

  2. Eliana Maria 11/21/2013, 10:33 Responder

    Olá Carla!Eu estava precisando de palavras como estas para me refazer internamente, obrigada!

  3. Marcos.... 11/21/2013, 14:03 Responder

    oi,Carla.Adorei vc eh muito sabia!!parabens
    espero que venha fazer palestra nos states!!
    deixa eu saber quando ok

  4. Solange Peres 11/21/2013, 19:25 Responder

    Olá Carla!
    Que bom ter nascido no Rio de Janeiro e poder continuar morando aqui, bem pertinho de você. Depois que fiz o curso intensivo, nos dias 08, 09 e 10 de novembro de 2013, toda aquela minha autoestima rebaixada, elevou-se em 100%. E é realmente verdade, “quando a gente muda, tudo muda!” Ganhei muito em qualidade de vida, após ter feito o curso. De uma forma geral, em todas as áreas da minha vida. Sem falar daquela turma MARAVILHOSA, das pessoas que lá conheci e fiz amizade; são meus mais novos AMIGOS. Foi um momento ímpar conviver aqueles três dias com essas pessoas. Já falei com todos eles após o curso: por e-mail, SMS, WhatsApp, e agora vou poder conversar com todos de uma só vez através do nosso grupo no Facebook.
    Participar desse curso foi o máximo! Acho que toda pessoa, ao nascer, deveria ganhar de brinde um passaporte para em algum dia na vida, ter o direito a ingressar no Curso de Life Coaching.
    É isso aí minha querida. Serei eternamente grata, a Deus, à vida e a você, pela oportunidade de poder ter participado do curso. Porque mudou totalmente a minha perspectiva em relação à vida! Minha vida era cinza e agora é colorida!!!!!

    Um grande abraço coaching,
    Solange Peres.
    RIO DE JANEIRO.

  5. Vânia 11/24/2013, 18:45 Responder

    oi Car-linda!!
    adorei ler este texto, muito obrigada, sou uma dessas pessoas…
    foi muito bom receber este presente!
    quero viver de forma mais colorida, bjus
    vânia, maricá

  6. Simplesmente do cara*lh0. Estou muito contente de ver seu artigo. Muito obrigado e eu estou ansioso para contata-lo. Sera que tu pode gentilmente me mandar um e-mail?